Logo Prefeitura de Salvador

Codecon apresenta nesta sexta (13) ranking das empresas mais reclamadas

A Diretoria de Defesa do Consumidor de Salvador (Codecon) apresenta, nesta sexta-feira (13), o ranking das empresas mais reclamadas por consumidores na capital baiana em 2019. A apresentação do Cadastro de Reclamação Fundamentada será no auditório da Faculdade Uniceusa, na Av. Jorge Amado, Imbuí, às 8h30. Na oportunidade, também serão lançados o site da Codecon, com serviços aos cidadãos, e o novo Sistema de Fiscalização do órgão, ambos desenvolvidos pela Companhia de Governança Eletrônica do Município – Cogel.

Roberta Caires, diretora da Codecon, explica que apresentação do Cadastro é uma exigência estabelecida pelo art. 44 da Lei 8.078/90 – Código de Defesa do Consumidor. “Dos mais de 14 mil atendimentos realizados pela Codecon no ano passado, 224 fornecedores entraram neste ranking”, disse a diretora. Na lista figuram bancos, financeiras, planos de saúde, companhias aéreas, de água e energia elétrica, faculdades e operadoras de telefonia.

As reclamações mais recorrentes são cobrança indevida e abusiva, vício de qualidade do produto ou na prestação de serviço, o não fornecimento de documentos, como nota fiscal, e dano material ou pessoal decorrente do serviço prestado.

Site de Serviços – Por meio do novo site da Codecon, os cidadãos poderão fazer Denúncias Online, função também do aplicativo Codecon, sendo mais um canal para que busquem seus direitos, com a possibilidade de mandar fotos para compor e formalizar a denúncia. “Expandir o acesso do consumidor à Codecon é democratizar a Defesa do Consumidor em Salvador. Hoje, a Codecon vai aos bairros com o programa Codecon & Você, o cidadão pode nos procurar pessoalmente, pelo aplicativo, pelo Fala Salvador 156”, disse Roberta Caires.

“O site é mais uma ferramenta de defesa para o consumidor, que não precisará ir até a sede para se informar e providenciar os documentos necessários, podendo resolver boa parte da demanda de forma remota. Isso reflete não apenas na comodidade para o cidadão, mas também na aperfeiçoa nossa forma de atendê-los”, complementou a diretora.

Além disso, na aba Cálculo, terão acesso aos formulários de cálculo para preenchimento prévio, com as informações necessárias antes de irem à Codecon. Poderão também baixar gratuitamente o aplicativo da Codecon, se informar sobre os documentos necessários para atendimentos específicos, tirar dúvidas frequentes, baixar as publicações da Codecon e conhecer cada setor do órgão.

Na aba Transparência, o consumidor terá acesso aos dados do balanço anual de ações do órgão, e o Cadastro de Reclamação Fundamentada, que tem o ranking das empresas mais denunciadas por consumidores.

Sistema de Fiscalização Módulo 1 – O consumidor também contará, a partir desta sexta-feira (13), com uma Codecon mais moderna. Dentro do planejamento do Sistema Informatizado Integrado do órgão, a Codecon lança o primeiro módulo, o Sistema de Fiscalização 1. Técnicos da equipe administrativa do órgão, encarregados de alimentá-lo, passarão a partir da próxima semana, por treinamento.

“Com o Módulo 1 implantado, já teremos mais consistência nas informações de gestão, como o mapeamento das nossas ações rapidamente delimitado por bairros”, disse Roberta Caires. O sistema, nessa primeira fase, permitirá ainda a emissão de relatórios para orientar o planejamento das ações da Codecon. “Com os dados coletados, daremos tratamento focado em demandas específicas, fazendo gestão das demandas e de nossa equipe de trabalho”, complementou Roberta Caires.

Skip to content