Logo Prefeitura de Salvador

CODECON integra operação conjunta para inspecionar Ferry-Boat

Após receber uma multa de R$1 milhão da Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (CODECON), a Internacional Travessias continuou enfrentando críticas dos consumidores devido a falhas na prestação de serviços. Em resposta a novas denúncias, a CODECON integra uma grande operação de fiscalização, liderada pelo Ministério Público do Estado da Bahia, que inclui a participação de órgãos como ANVISA, VISA, Polícia Civil, Defesa Civil, Procon e Corpo de Bombeiros, realizada nesta terça-feira (19).

A operação conjunta tem como objetivo inspecionar todos os itens que garantem a segurança dos consumidores, dentro e fora das embarcações, como explica o diretor-geral da CODECON, Zilton Netto: “Realizamos vistorias constantes no ferry e já autuamos por falhas encontradas. No entanto, continuamos a receber denúncias de consumidores insatisfeitos com os serviços prestados pela empresa Internacional Travessias. Desta vez, integramos uma grande operação com diversos órgãos, cada um responsável por itens específicos de sua competência, para enviarmos um relatório técnico para o Ministério Público. Inclusive, notificamos a empresa por suspensão de serviço sem aviso prévio. Nosso objetivo é evitar tragédias e garantir uma boa prestação de serviço para os cidadãos”.

Nesta operação, a área de embarque, as bilheterias e todas as embarcações atracadas foram inspecionadas para verificar o cumprimento das ofertas, a acessibilidade, o estado de conservação dos assentos, a validade dos alimentos comercializados e dos itens de segurança, assegurar a manutenção atualizada das embarcações e observar a higiene dos locais, além do cumprimento de outras normas do Código de Defesa do Consumidor (CDC), visando garantir a segurança dos consumidores.

Serviço:

Para denunciar práticas abusivas nas relações de consumo, os canais oficiais são:
Aplicativo Codecon Mobile, Aplicativo Fala Salvador, site (www.codecon.salvador.ba.gov.br), portal do Fala Salvador (www.falasalvador.ba.gov.br) ou através da Central de Atendimento Disque Salvador – 156. A Central Municipal de Atendimento ao Consumidor funciona de segunda a sexta-feira em dias úteis, das 8h às 17h, na Rua Chile, nº 3, Centro.
Para mais orientações, o cidadão pode ligar para o número: (71) 3202-6270 ou acessar as redes sociais do órgão.

CODECON autua a Internacional Travessias em R$1 milhão por irregularidades no sistema Ferry-Boat

A Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (CODECON), em decorrência de processo administrativo aberto para apurar as constantes reclamações dos usuários e pelas notificações não respondidas de maneira satisfatória, aplicou multa a empresa que opera o Ferry-Boat de Salvador, a Internacional Travessias, no montante de R$1 milhão em razão das decorrentes falhas na prestação do serviço ao consumidor.
A empresa tem um prazo de 20 dias para apresentar defesa.

Zilton Netto, diretor-geral da CODECON, comentou sobre a medida: “Nós notificamos a Internacional Travessias diversas vezes, mas não obtivemos retorno satisfatório. Realizamos diversas ações de fiscalização nas embarcações e no terminal, onde registramos insalubridade, precariedade nos equipamentos, ineficiência do serviço e ausência de acessibilidade. Além disso, os incidentes envolvendo as embarcações do sistema: colisão entre as embarcações e a falta de energia deixando uma embarcação a deriva, resultaram na aplicação da multa como medida sancionatória. A próxima medida, caso as irregularidades não sejam corrigidas, será a suspensão do equipamento”, alertou Netto

CODECON notifica a Internacional Travessias devido à queda de energia no Ferry-boat

A Internacional Travessias, responsável pelo sistema Ferry-boat de Salvador, recebeu uma notificação da Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (CODECON) para prestar esclarecimentos sobre a queda de energia ocorrida a bordo, colocando em risco a vida dos passageiros, tripulação e também de outros navegantes próximos em alto mar. A empresa tem um prazo de 20 dias para fornecer informações detalhadas sobre a causa do incidente e as medidas adotadas para evitar recorrências.

A Operadora do Ferry-boat em Salvador já foi notificada em outras ocasiões devido às denúncias dos passageiros, que relataram insegurança ao utilizar o transporte, como explica o Diretor-geral da CODECON, Zilton Netto: “Nós acompanhamos a situação das embarcações desde o ano anterior, quando recebemos denúncias através das redes sociais sobre colisões, atrasos e estrutura da área de espera. As nossas notificações foram atendidas, entretanto, recebemos uma nova denúncia, dessa vez relacionada à queda de energia em uma embarcação que estava em alto mar, situação que oferece alto risco à vida. Nós já notificamos e aguardamos retorno da empresa que está sujeita à multa ou até mesmo interdição da embarcação se não apresentar um plano de ação para inibir incidentes como este”, enfatizou Netto.

Os usuários do sistema Ferry-Boat que se sentirem prejudicados na relação de consumo, seja na compra ou durante o uso do serviço, devem registrar a denúncia em um dos canais oficiais do órgão: Aplicativo Codecon Mobile, Aplicativo Fala Salvador, site (www.codecon.salvador.ba.gov.br), portal do Fala Salvador (www.falasalvador.ba.gov.br) ou através da Central de Atendimento Disque Salvador – 156. O consumidor também pode denunciar presencialmente na Central Municipal de Atendimento ao Consumidor, que funciona de segunda a sexta-feira em dias úteis, das 8h às 17h, na Rua Chile, nº 3, Centro. Para mais orientações, o cidadão pode ligar para o número (71) 3202-6270.

Skip to content