Logo Prefeitura de Salvador

CODECON autua a Internacional Travessias em R$1 milhão por irregularidades no sistema Ferry-Boat

A Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (CODECON), em decorrência de processo administrativo aberto para apurar as constantes reclamações dos usuários e pelas notificações não respondidas de maneira satisfatória, aplicou multa a empresa que opera o Ferry-Boat de Salvador, a Internacional Travessias, no montante de R$1 milhão em razão das decorrentes falhas na prestação do serviço ao consumidor.
A empresa tem um prazo de 20 dias para apresentar defesa.

Zilton Netto, diretor-geral da CODECON, comentou sobre a medida: “Nós notificamos a Internacional Travessias diversas vezes, mas não obtivemos retorno satisfatório. Realizamos diversas ações de fiscalização nas embarcações e no terminal, onde registramos insalubridade, precariedade nos equipamentos, ineficiência do serviço e ausência de acessibilidade. Além disso, os incidentes envolvendo as embarcações do sistema: colisão entre as embarcações e a falta de energia deixando uma embarcação a deriva, resultaram na aplicação da multa como medida sancionatória. A próxima medida, caso as irregularidades não sejam corrigidas, será a suspensão do equipamento”, alertou Netto

CODECON notifica a Internacional Travessias devido à queda de energia no Ferry-boat

A Internacional Travessias, responsável pelo sistema Ferry-boat de Salvador, recebeu uma notificação da Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (CODECON) para prestar esclarecimentos sobre a queda de energia ocorrida a bordo, colocando em risco a vida dos passageiros, tripulação e também de outros navegantes próximos em alto mar. A empresa tem um prazo de 20 dias para fornecer informações detalhadas sobre a causa do incidente e as medidas adotadas para evitar recorrências.

A Operadora do Ferry-boat em Salvador já foi notificada em outras ocasiões devido às denúncias dos passageiros, que relataram insegurança ao utilizar o transporte, como explica o Diretor-geral da CODECON, Zilton Netto: “Nós acompanhamos a situação das embarcações desde o ano anterior, quando recebemos denúncias através das redes sociais sobre colisões, atrasos e estrutura da área de espera. As nossas notificações foram atendidas, entretanto, recebemos uma nova denúncia, dessa vez relacionada à queda de energia em uma embarcação que estava em alto mar, situação que oferece alto risco à vida. Nós já notificamos e aguardamos retorno da empresa que está sujeita à multa ou até mesmo interdição da embarcação se não apresentar um plano de ação para inibir incidentes como este”, enfatizou Netto.

Os usuários do sistema Ferry-Boat que se sentirem prejudicados na relação de consumo, seja na compra ou durante o uso do serviço, devem registrar a denúncia em um dos canais oficiais do órgão: Aplicativo Codecon Mobile, Aplicativo Fala Salvador, site (www.codecon.salvador.ba.gov.br), portal do Fala Salvador (www.falasalvador.ba.gov.br) ou através da Central de Atendimento Disque Salvador – 156. O consumidor também pode denunciar presencialmente na Central Municipal de Atendimento ao Consumidor, que funciona de segunda a sexta-feira em dias úteis, das 8h às 17h, na Rua Chile, nº 3, Centro. Para mais orientações, o cidadão pode ligar para o número (71) 3202-6270.

Skip to content